O que são hábitos orais e porque surgem?

Os hábitos orais decorrem de padrões de contração muscular aprendidos, tornando-se repetitivos e inconscientes. Podem ser divididos em hábitos de sucção nutritiva, em que a sua finalidade é a alimentação, e em hábitos de sucção não nutritiva, em que a sua finalidade é o alívio de tensão, gerando uma maior satisfação emocional, maior conforto, sensação de proteção e de prazer, sentindo-se a criança mais relaxada aquando a prática do mesmo. No entanto estes são considerados nocivos devida à sua repetição constante, podendo originar alterações nas estruturas orofaciais.

Quais as consequências dos hábitos orais?

Hábitos orais como a sucção de chucha, biberão, sucção digital, labial ou de objetos, onicofagia, bruxismo, projeção da língua, deglutição atípica e roer/morder objetos são considerados hábitos prejudiciais ao desenvolvimento das estruturas orofaciais da criança. Com o tempo os hábitos orais podem provocar alterações a nível dos lábios, língua, dentes, palato, etc., podendo trazer consequências na sucção, mastigação, deglutição, respiração e fala.

Qual a necessidade do uso de chucha?

Existe uma grande pressão social para o uso de chucha, no entanto esta não deve ser oferecida de ânimo leve, ou seja, não deve dar a chucha ao bebé apenas para o “tranquilizar” sem antes tentar entender o porquê do seu desconforto. É aconselhável o uso de chucha quando há uma grande necessidade de sucção, normalmente ligada a hiposensibilidade ou quando o recém-nascido/criança até 2 anos apresenta alterações no tónus muscular, revelando hipotonia.

Estratégias para reduzir/abandonar o hábito:

  • Remover o hábito por etapas, até se atingir o objetivo final.
  • Nunca voltar atrás na decisão! Seja firme!
  • Faça um calendário em que apontem se usou ou não o hábito deletério, sendo esse dia marcado com uma “carinha feliz/triste”.
  • Há histórias que podem ajudar o seu filho a deixar a chucha! Quando o seu filho leva a chucha, o dedo ou outros objetos à boca, vão bactérias e micróbios, daí a importância da higiene oral, desde a amamentação.
  • Ajude o seu filho a enviar/oferecer a sua chucha a outras crianças mais pequenas que necessitam mais do que ele.
  • “A árvore da chucha” – As chuchas são penduradas em árvores de jardins públicos e acompanhadas por cartas de despedida. (Quinta Pedagógica dos Olivais)

Tratamento

O tratamento é realizado pelo Terapeuta da Fala, sendo muitas vezes necessária uma intervenção multidisciplinar, com o Dentista e o Psicólogo.

Se o seu filho tem mais de 2 anos e apresenta algum hábito oral, contacte um profissional e previna alterações futuras na sua saúde e bem-estar.

Saiba mais junto das nossas Clínicas ou contacte-nos através 214 050 415.

Subscreva a nossa newsletter

Esteja atento a todas as nossas novidades

Thank you for your message. It has been sent.
There was an error trying to send your message. Please try again later.